Confirmado Primeiro Caso de Microcefalia no Ano em Cacoal

Compartilhar:
Confirmado Primeiro Caso de Microcefalia no Ano em Cacoal
5 (100%) 1 vote

O primeiro caso de microcefalia do ano foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde de Cacoal (SEMUSA). A suspeita é de que o vírus da zika possa ter causado a má formação do bebê, pois mãe e filho foram diagnosticados com a doença. Os pacientes foram encaminhados para Porto Velho, onde realizaram os exames que confirmaram a doença e permanecem sendo acompanhados.

De acordo com a coordenadora de vigilância em saúde, Ivani Gromman, a criança nasceu no fim do mês de julho no município e foi encaminhada para Porto Velho, onde foi confirmada a microcefalia, sendo o primeiro caso da doença no ano registrado pela SEMUSA em Cacoal. Os exames confirmaram ainda que mãe e filho foram infectados com vírus da zika.

O correto é fazer o uso de repelente com antecedência para não contrair a doença. Após a confirmação, não se dá de fazer muita coisa, pois a má formação já aconteceu. Hoje o bebê está em Porto Velho, onde devem ser realizadas exames para dar maior qualidade de vida a ele dentro da situação em que ele se encontra”, explica.

Casos Suspeitos

Conforme os dados da SEMUSA, de janeiro a julho deste ano, foram realizados 15 notificações de casos suspeitos de zika em Cacoal, com a confirmação de um caso até agora. No entanto, segundo Ivani Gromman, esse número pode ser maior, já que em 70% dos casos o paciente não apresenta nenhum sintoma e não procura uma unidade básica de saúde para se tratar.

Apesar do período seco a população não pode descuidar dos quintais, porque ainda continua tendo água no vaso de flores, na caixa de água aberta e em outros criadouros. A água diminui, mas continua existindo e o mosquito vai se adaptando. As mulheres grávidas precisam redobrar os cuidados e se protegerem usando repelente”, esclarece.

Confirmado Primeiro Caso de Microcefalia no Ano em Cacoal

Informações

  • O que é Microcefalia?

É uma condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal.

  • Como saber se o Bebê tem Microcefalia?

A doença é diagnosticada quando o perímetro da cabeça é igual ou menor do que 33 cm. Portanto, o esperado é que bebês tenham pelo menos 34 cm. Mas atenção: isso vale apenas para crianças nascidas com nove meses de gravidez. No caso de prematuros, esses valores mudam e dependem da idade gestacional em que ocorre o parto.

  • O que causa a Microcefalia?

Na maior parte dos casos são infecções adquiridas pela mãe, especialmente no primeiro trimestre da gravidez, que é quando o cérebro do bebê está sendo formado. Além do vírus da zika, o toxoplasmose, rubéola e citomegalovírus e são alguns dos causadores da doença. Outros possíveis causadores são abuso de álcool e drogas ilícitas na gestação, além de síndromes genéticas como a síndrome de down.

G1
Editado por Divulga RO


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here